CONTATOS!

chegadedelivery@gmail.com





quinta-feira, 30 de junho de 2011

BRIGADEIRO, de um jeito diferente!!

Volta e meia eu faço um cursinho ou outro na área de gastronomia. Em um desses, aprendi a fazer brigadeiro com chocolate em barra. Aposto que você nunca mais vai querer de outro jeito...

Aí, vai:



1 lata de leite condensado
1 colher de sopa de manteiga (lembrou que nesse site é proibida a palavra margarina??)
8 colheres de sopa de chocolate ralado/picado (escolha o de sua preferência: cacau 70%, amargo, meio amargo, ao leite...)

Primeiro, misture todos os ingrediente em uma panela fora do fogão. Depois, leve ao fogo brando até dar o ponto. O ponto?? Sim, o ponto é aquele momento em que a massa fica homogênea e, ao mexer com a colher, é possível ver o fundo.

DICAS PARA UM DOCINHO DE ARRASAR:

1) Procure manter apenas uma panela para fazer os seus doces. Não é nada agradável fazer um docinho com a memória remota de uma cebola. O ideal para fazer brigadeiros é que seja uma panela de ferro fundido, mas, caso você não a tenha, reserve uma das suas para tal fim;
2) Use colher de pau! Nossas avós é que estavam certas! São as melhores para doces.
3) Na hora de enrolar, espere esfriar completamente a massa e, no lugar de passar manteiga nas mãos, use um pano úmido nelas. 
4) Faça brigadeiros enfeitadinhos, coloque em caixas decoradas e presenteie seus amigos! Original e surpreendente, vai agradar com certeza!

SALADA, NUM FRIO DESSES??

Como diz a Professora Ana Karine, quem aparece na academia no inverno, não se esconde no verão!!!

Fiquei pensando nisso e lembrei de uma salada que meu pai (você não leu errado, não, foi meu pai mesmo) inventou e que vale por uma deliciosa refeição. Meu pai está longe de ser cozinheiro, ele sabe onde fica a cozinha... Um dia, encontrei ele no supermercado e ele disse que queria fazer uma salada para minha mãe no Dia das Mães.. Deu muito certo!

Anote aí:

SALADA DO CARLOS



1 pé de alface americana
2 tomates italianos
4 bolas de queijo mussarela de búfala
1/2 manga cortada em tirinhas
1 pacote de salmão defumado em fatias

Azeite de oliva e vinagre balsâmico a gosto.

Fácil, fácil. Lave bem as folhinhas de alface, corte com as mãos (isso mesmo, folhas a gente corta com as mãos, NUNCA com faca), corte os tomates, a mussarela, agregue a manga e o salmão cortadinho.

Tempere e delicie-se.

Pode guardar essa receita para o verão também.

Um beijo e até a próxima!

Pat.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

BOLO CELEBRIDADE!!

Tudo aconteceu assim, a Cíntia me trouxe uma sacola de carambolas e disse: faz um bolo! Que desafio! Como fazer um bolo com essa frutinha exótica, sem destruir a sua aparência de estrelinha. Bom, fiz um bolo invertido! Quando cheguei com o bolo pronto pra minha turma, logo a Pati B. e a Claudinha já batizaram o bolo de carambola de Bolo Celebridade, por conta das estrelinhas...

Vamos à receita!



INGREDIENTES

2 xícaras de farinha de trigo branca
1 xícara de farinha de trigo integral
1 xícara de leite
3 ovos
1/2 xícara de óleo (use girassol, canola)
1 e 1/2 xícara de açúcar
1 colher de sopa de fermento em pó

MODO DE FAZER

Primeira coisa: LIGAR O FORNO! Sim, bolo sem forno aquecido é sinônimo de desastre total. Mais ou menos, 200 graus.
Em uma forma, preferencialmente de fundo removível, unte com manteiga e açúcar. Coloque fatias de carambola no fundo e nas laterais da forma. Reserve.
Bater no liquidificador, os ovos, o leite, o óleo e o açúcar. Em uma vasilha, peneirar as duas xícaras de farinha branca e o fermento. Misturar com a farinha integral sem peneirar. Adicionar a mistura do liquidificador. Despeje na forma. Leve ao forno, 200 graus, mais ou menos 40 minutos, ou até que se espetar um palito de madeira, ele saia limpo.

NOTA DA AUTORA

Na realidade, não precisa ser com carambola. Pode-se usar banana com canela, maçã, pera, abacaxi, pêssego... Dá pra misturar todas elas também. A massa do bolo é bastante neutra e, por isso, não vai interferir com a fruta que você escolher. Ah, se quiser fazer sem frutas, também, fica legal!

Um beijo e até a próxima!

Pat.



segunda-feira, 20 de junho de 2011

BROWNIE

Sensacional e facílima de fazer, essa receita de brownie não tem o menor mistério. Fiz na quinta passada e levei para a minha turma do trabalho na sexta. Não sobrou migalha sobre migalha... Falando em trabalho, vamos dar os devidos créditos aqui! Obrigada, Vini, pela receita e ao Reynaldo pela autoria desse maravilhoso bolinho ! E obrigada, também, ao Sérgio, pela linda foto que ilustra a receita, tirada da mesa do cafezinho da turma...


Um beijo e boa semana!


Ingredientes

200 g de manteiga
170 g de chocolate meio amargo
3 ovos
1 1/2 xícara (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
3 colheres (chá) de fermento em pó
1 Pote de castanhas e/ou nozes (ou porção de chocolate branco)
manteiga e farinha da trigo para untar e polvilhar


Modo de Preparo

1. Preaqueça o forno a 180°C (temperatura média). Unte uma assadeira retangular média com manteiga e polvilhe com farinha de trigo.

2. Passe a farinha e o fermento em pó pela peneira para uma tigela. Pique grosso o chocolate branco/ nozes/ castanhas e misture com a farinha e o fermento. Reserve.

3. Escolha uma tigela de vidro (ou de inox) que encaixe sobre uma panela para fazer um banho-maria. Pique o chocolate meio amargo. Transfira para a tigela e junte a manteiga.

4. Coloque dois dedos de água na panela e leve ao fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo e encaixe a tigela com o chocolate e a manteiga sobre a panela. O segredo é não deixar a água encostar no fundo da tigela e tomar cuidado para que o encaixe dos recipientes seja perfeito, evitando o vazamento do vapor. Quando o chocolate começar a derreter, misture bem com a manteiga. Assim que a mistura ficar lisa, retire do banho-maria.

5. Numa batedeira, junte o açúcar e os ovos. Bata em velocidade alta por cerca de 3 minutos ou até que a mistura fique esbranquiçada. Desligue a batedeira e, aos poucos, misture com uma espátula o chocolate derretido. (Como o chocolate ainda estará quente, se colocado de uma vez, poderá cozinhar os ovos.)

6. Na tigela com a massa de chocolate, adicione aos poucos a mistura de farinha com as nozes/castanhas/ chocolate branco, mexendo delicadamente. Transfira a massa para a assadeira untada.

7. Leve ao forno preaquecido para assar por cerca de 20 minutos. A massa ainda deve estar úmida quando sair do forno (com a aparência de um bolo ligeiramente cru). Deixe esfriar e sirva com sorvete de creme, frutas ou sem acompanhamento mesmo. (Se assar demais, vira bolo, e não brownie!)

8. Se quiser servir o brownie quente, deixe esfriar e desenforme. Em seguida, leve ao forno preaquecido a 160ºC (temperatura média) por 5 minutos.

Truque

Em vez de derreter a manteiga e o chocolate meio amargo no banho-maria, você pode utilizar o forno de micro-ondas.


domingo, 5 de junho de 2011

Feijão e Arroz: a dupla dinâmica sem mistérios...




Feijão é fácil, sim!

Muito simples: basta escolher o feijão (significa retirar os imperfeitos e outras cositas que possa vir junto no saquinho), lavar em água corrente e escorrer. Dá pra deixar em de molho alguns minutinhos na água, mas não é necessário. Colocar na panela de pressão com água suficiente para cobrir e um pouquinhos mais. Tampar a panela e, quando atingir pressão (quando começar a chiar), conte 30 minutos. Está pronto? Para retirar e congelar em pequenos potes, sim! Você deve congelar o seu feijão, sem tempero algum, nem sal, sob pena de "azedar". Bom, aí começa a parte legal. Em uma outra panela, coloque bacon picadinho e deixe a gordura derreter, vá colocando pedacinhos de costela defumada, linguicinha, cebola, alho, tomate, tudo a gosto. Depois, coloque o feijão por cima desse refogado, acerte o sal e pronto! Um feijão fresquinho e muito gostoso.

O refogado, na realidade, fica a seu critério. Pode não ter carne alguma: aqueça óleo, coloque cebola e alho, deixe ficar transparente, pode colocar tomate também. Coloque o feijão e capriche no sal, pimenta, salsinha... Fica muito gostoso!!



O segredo do arroz que ninguém conta... pelo menos até agora...

Já reparou que, em restaurantes, o arroz fica sempre soltinho? Pois é, segredo desvendado! Trata-se de acrescentar à água do cozimento VINAGRE DE ÁLCOOL!

Depois de muito tentar, descobri a proporção correta, para cada xícara de arroz, coloca-se 1 colher de sopa de vinagre de álcool.

Ah, e não esqueça, para cada xícara de arroz branco ou parboilizado, são duas de água. Se for integral, para cada uma de arroz, serão três de água.

Um beijo e boa semana!

Pat.